11 de julho de 2010

Há quem chame de paixão,

outras pessoas entitulam de tudo que é palavra, pra mim só há uma palavra a qual eu defino essa amizade chata que nós temos, onde ambos não cedem, onde ambos estão sempre tentando provar algo para si mesmos, até onde eu sei, ainda não descobri o que eu tento tanto provar a mim e à você. Por segundos não sei dizer ao certo o porque dessa merda toda continuar assim, não faz sentido pra nenhum de nós, mas quando eu vejo e lembro de todas as nossas conversas, de todas as coisas que temos/tinhamos/teremos em comum, eu esqueço toda a raiva que vc faz eu sentir de você, esqueço todas as patadas e esse seu jeito estupido que vc me trata. Nesses longos 3 anos, aprendi uma coisa: Somos iguais em muitas coisas, principalmente nos nossos maiores defeitos; principalmente nas nossas defesas.

"E veja só o que nos tornamos, escravos de nosso próprio Orgulho, tentando sempre ser alguém melhor para nós mesmos, tentando sempre zelar pelo melhor mesmo sem saber o que vem a ser o melhor; Cogito a possibilidade de o melhor ser o que traga a tal felicidade. E pode apostar, tudo o que me gerar felicidade, você vai estar, não há amizade que se perca quando o sentimento é verdadeiro."

2 comentários:

  1. HDSAUIHIUSADHUIAS que bom... riusim
    dksaodpkasopdaksopdpodkodksopdksopdkpo

    ResponderExcluir

Licença Creative Commons
Estas obras criadas por mim Nayaragv/#fulannadetal são licenciadas sob uma licença da Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License.